Receita Federal libera programa para declaração do Imposto de Renda 2017

imposto-de-renda-2017-1

A Receita Federal liberou nesta quinta-feira – dia 23 – o acesso ao programa utilizado para gerar a declaração do Imposto de Renda 2017 referente ao ano corrido de 2016. O download do software se encontra disponível no site oficial, e pode ser acessado através do link: http://idg.receita.fazenda.gov.br/interface/cidadao/irpf/2017

O período de envio da declaração inicia no dia 2 do próximo mês – 02/03 – e vai até 28 de abril, contudo, o contribuinte já tem a opção de importar dados de declarações expedidas anteriormente para o programa atual liberada, e já pode dar início ao preenchimento e/ou alteração das informações requisitadas no formulário.

A novidade para este ano é a disponibilidade de atualizar o programa, uma vez que o tenha instalado. O processo é bastante simples, com o software aberto, basta seguir o seguinte passo-a-passo: Clique em “Menu”, depois vá em “Ferramentas” e logo em seguida clique em “Verificar atualizações”. Logo após isso, encontradas as atualizações o programa efetuará as alterações de forma automática, sem a necessidade de baixar o software novamente.

Acompanhando o clima das novidades, outra importante notícia que acompanha o pacote é a incorporação do programa Receitanet ao gerador do Imposto de Renda, ou seja, não é mais necessário baixar ambos os programas separadamente.

Vale ressaltar que quanto antes o contribuinte submeter as informações à Receita Federal – isso a partir da abertura do prazo para a entrega da declaração -, mais chances ele tem de conseguir a restituição do imposto de renda nos primeiros lotes liberados, que possuem data prevista para serem concedidos a partir da segunda semana do mês de junho.

Quanto às multas decorrentes de atrasos, vale frisar que só serão aplicadas caso o contribuinte não envie a declaração entre às oito horas do primeiro dia e às 23h59 do último. A penalidade prevista descreve a aplicação de multa com valor volátil, sendo o valor mínimo de R$165,74 abatida diretamente do valor a ser restituído. A Receita Federal aplica juros proporcionais à 1% ao mês, sendo o limite incidente cerca de 20% em cima do total de imposto devido no ano passado.

Caso a declaração seja entregue no prazo estabelecido e o contribuinte encontrar erros, sejam eles omissões ou erros, uma declaração poderá ser entregue a fim de retificar a anterior. O procedimento poderá ser realizado a qualquer momento, sem a necessidade do pagamento de quaisquer multas decorrentes de atraso.

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *