Zero Hora, jornal do grupo de Eduardo Sirotsky Melzer, é novamente finalista no Prêmio INMA

O Jornal Zero Hora, pertencente ao Grupo RBS, um conglomerado de mídia do qual Eduardo Sirotsky Melzer é presidente e chairman, chegou à final do Prêmio da International News Media Association (INMA), pela terceira vez consecutiva. Nesse ano, a categoria em que o referido jornal concorre ao prêmio é a de “Melhor Uso de Mídias Sociais”.

Conquistas passadas e a relevância do prêmio

Como já dito, não foi essa a primeira vez que o jornal Zero Hora foi à final do Prêmio INMA, posto que, no ano passado, o referido veículo do grupo de Eduardo Sirotsky Melzer, conseguiu vencer em duas categorias.

Em 2016, o ZH Tablet foi então premiado como o “Melhor Conteúdo Pago ou Iniciativa para Novas Assinaturas”; já a multiplataforma gastronômica Destemperados, por sua vez, como a “Melhor Ideia para Aumentar as Vendas de Publicidade”.

No ano retrasado, 2015, foi o Estação ZH a receber o prêmio, mas numa categoria sobre melhor uso de um evento para construção da marca.

E como se percebe, essa premiação da INMA tem uma imensa relevância, por ser ela uma comunidade global de várias empresas que são líderes no mercado midiático. Em números, ao longo de mais de 80 países, a referida comunidade possui mais de 600 empresas de mídia e mais de 7,4 mil executivos a compondo.

A premiação em si, vale lembrar, visa as ações de sucesso tanto de marca quanto comercial, nesse contexto de intensas transformações na mídia, assim dando o destaque àquelas inciativas com crescimento de receita de publicidade, além de desenvolvimento de pesquisas com consumidores e inovação e também iniciativas de criação e monetização de produtos.

O mérito da vez para o jornal do grupo de Eduardo Sirotsky Melzer

Nesse ano de 2017, o anúncio dos vencedores da final mundial ocorrerá no dia 23 de maio, no Global Media Awards Dinner, situado na cidade de Nova York, Estados Unidos. Vencedores esses que serão escolhidos entre um total de 115 finalistas de todo o planeta, divididos ao longo de 20 categorias, que por sua vez, dividem-se entre as nacionais e as regionais.

E o reconhecimento dado ao Zero Hora, jornal pertencente ao conglomerado de mídia do qual Eduardo Sirotsky Melzer é presidente e chairman (Grupo RBS), dessa vez, deveu-se ao engajamento de seus leitores, ou melhor, às interações nos seus perfis nas redes sociais, chegando assim a ser campeã nesse segmento, segundo a uma média contabilizada pelo índice Torabit.

Mais precisamente, o destaque do Zero Hora nas redes se expressa em números que impressionam, como os 2 milhões de fãs que conseguiram no Facebook. Essa conquista levou o jornal a um aumento de 16,5% em relação ao ano anterior, 2015, no mesmo site.

Crescimento do tipo também se deu no Twitter, onde conseguiram conquistar 55,4% a mais de seguidores, e também no Instagram, onde obtiveram um recorde, contabilizadas mais de 3 milhões de curtidas em fotos postadas na conta do veículo, ao longo de todo o ano passado.

Vale lembrar que tais estratégias em redes sociais terminam por impactar até mesmo o tráfego do site oficial do jorna. Como era de se esperar, muitos chegaram às notícias do site por meio das redes sociais e isso também foi contabilizado. Para se ter uma ideia, 25% do público que visitou o site do jornal, durante todo o ano, veio das redes sociais, o que significa, em números, mais de 70 milhões de visualizações. Tanto o é que a vinda de leitores do Facebook em 2016, se comparado ao ano anterior, foi 82% maior. Já em relação ao Twitter, esse crescimento foi de 41,22%.

Tamanha conquista e reconhecimento fizeram até mesmo o presidente e chairman do Grupo RBS, Eduardo Sirotsky Melzer, a parabenizar toda a sua equipe e dizer-se muito feliz com esse resultado, em postagem sua também em uma rede social, o LinkedIn.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *