Luciana Lóssio participa de evento sobre a representatividade feminina no Direito e na política

A representação das mulheres na política do Brasil é um dos temas mais recorrentes debatidos durante reuniões corporativas de diferentes áreas profissionais do mercado. No final do mês de março, a juíza e ministra do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luciana Lóssio, um dos nomes mais importantes entre as mulheres que atuam no setor político brasileiro e que, além disso, também luta constantemente pelo empoderamento feminino na política, fez parte de um evento na cidade de Curitiba em que essa questão foi apresentada e discutida.

Esse evento consistiu em um seminário chamado “Mais Mulheres do Direito – representatividade feminina”, o qual foi promovido pelo Instituto Paranaense de Direito Eleitoral (Iprade), juntamente com a Ordem dos Advogados do Brasil do estado do Paraná (OAB-PR), tendo acontecido na sede da OAB-PR, que fica na capital curitibana.

A ideia central da discussão promovida pelo evento foi acerca da presença ainda escassa das mulheres tanto na área do Direito, exercendo cargos de advogadas, juristas e promotoras, como também no campo da política, como eleitoras, candidatas e entre os eleitos nas eleições país afora. Além da ministra Luciana Lóssio, que ficou responsável por apresentar a conferência de encerramento do evento, outros nomes importantes que também participaram e palestraram no local foram a Juíza Federal Vera Lucia Feil Ponciano, a desembargadora Estadual Joeci Machado Camargo, e a Doutora em Direito Público e professora da Universidade Federal do Paraná (UFPR) Eneida Desiree Salhado.

Através das conferências ministradas, foram explicadas a razão de todas as mudanças ocasionadas pela reforma eleitoral brasileira no que diz respeito a participação das mulheres na política, e também foi discutida a aplicação dessas mudanças durante as eleições de 2016, além dos aperfeiçoamentos que podem ser feitos para as próximas eleições.

Os organizadores do evento, Iprade e a OAB-PR, aproveitaram a oportunidade para fazer uma homenagem para a ministra do TSE, Luciana Lóssio, que em breve irá deixar a sua posição no Tribunal Superior Eleitoral. A ministra foi elogiada pela sua grande contribuição ao Direito Eleitoral do país, pelo seu empenho na defesa da valorização das mulheres na sociedade brasileira e também pelo ótimo trabalho desenvolvido por ela na Corte Eleitoral. O mandato da ministra irá se encerrar no dia 5 de maio.

Luciana Lóssio foi indicada para fazer parte do TSE em 2012 e desde o ano seguinte já atua como membro efetiva do Tribunal. Ela foi a primeira mulher do país a ser indicada para ocupar uma das duas vagas da instituição que são destinadas a juristas, e a quarta a integrar de forma efetiva esse órgão.

A advogada e juíza Luciana Lóssio é natural da cidade de Brasília e cursou Direito pela Universidade de Brasília (UniCEUB), em 1999. Logo após ser aprovada no exame da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), a advogada demonstrou uma grande vontade e aptidão em se especializar nos Estudos Eleitorais e Partidos Políticos, fazendo então várias especializações no tema durante os anos seguintes. Atualmente, ela já inclusive publicou artigos e textos acadêmicos de grande relevância acerca do tema.

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *