Conheça o sistema Smart Track do Hospital Copa Star

No atendimento médico qualquer segundo pode ser importante para o tratamento do paciente. O que requer soluções inovadoras e seguras como o Smart Track, adotado pela Rede D’Or São Luiz. Conheça um pouco mais desse recurso e como ele pode tornar o atendimento mais eficiente.

O sistema Smart Track está presente nos hospitais da Rede D’Or São Luiz. O modelo, orçado em mais de R$ 50 milhões, evita a demora no atendimento, comum nos hospitais brasileiros. O modelo prevê um clínico geral atendendo ao invés de um enfermeiro no momento da triagem.

O paciente que se encontra em estado não – grave tem maior conforto e um resultado final mais eficiente. Dependendo da situação, os pacientes são examinados, a enfermidade é identificada e na própria triagem são liberados, sem necessidade de internação ou de um tratamento mais prolongado.

Caso seja necessário um especialista, o paciente será direcionado para as próximas etapas do atendimento, já com outra equipe. A partir do momento que o paciente passa pela triagem começa a ser monitorado e seu estado é passado para a equipe seguinte.

Uma das vantagens do modelo de atendimento em relação ao tradicional é a possibilidade de identificar alguma mudança no quadro paciente e agilidade no atendimento como um todo. Segundo o coordenador da Rede D’Or São Luiz, Jorge Luiz Nahas, o tempo médio de atendimento passou de 1 hora e meia para 20 minutos, no máximo.

Diferença em relação ao atendimento convencional

Na maioria dos prontos-socorros do país, as equipes seguem o protocolo de Manchester. Ele consiste em na organização conforme o nível de gravidade do paciente, o qual é identificado por cores. Geralmente, a triagem é feita por um enfermeiro, a ficha retorna a recepção e aguarda o especialista chamar. Dessa forma, 80% da demanda emergencial são tratadas no próprio ambulatório.

O Smart Track é baseado no modelo lean manufacturing, utilizado em fábricas no intuito de reduzir sete tipos de desperdícios: tempo, produção além da necessidade, transporte, processamento em excesso, defeitos, inventário e movimento. Essa filosofia de atendimento emergencial é totalmente diferente, o que reduz o tempo de espera sensivelmente.

Sobre a Rede D’OR São Luiz

Atualmente a rede D’OR São Luiz é a maior operadora de hospitais do país, com presença nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco e Distrito Federal. Fundada em 1997, a rede está em constante crescimento com mais de 20 hospitais associados, dos quais pode se destacar o Copa Star no Rio de Janeiro, Santa Luzia em Brasília, além do controle dos Hospitais viValle e do Hospital da Criança no estado de São Paulo.

Sobre o Copa Star

O Copa Star é um hospital de luxo da rede D’OR São Luiz que traz um conceito único, que reúne atendimento especializado, recursos tecnológicos e um ambiente que pouco lembra um hospital convencional. Nada de cheiro de éter e sim, um aroma delicioso em um espaço com arquitetura moderna e obras de artes expostas.

Os leitos do Sopa Star são espaçosos, bem estruturados e a equipe bem capacitada e atenciosa. Tudo para que o tratamento e a recuperação sejam mais humanizados e eficientes. O hospital Copa Star ainda conta com um sistema de iluminação inteligente, que passa uma sensação de conforto e acolhimento. Nada de luzes artificiais ou fortes, trata – se de uma iluminação similar a natural.

Todo o hospital Copa Star foi pensado para levar ao paciente mais conforto, levando em consideração a tecnologia e o atendimento especializado. Foram mais de R$ 400 milhões investidos para trazer um serviço hospitalar de luxo, que atende aos padrões de qualidade mais rigorosos.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *