Quais são as fases para parar de fumar?

Resultado de imagem para parar de fumar?

Conseguir fazer uma pessoa parar de fumar sempre é uma situação difícil, e justamente por isso muitos não tem noção de como ajudar e infernizam a pessoa para que ela largue logo o vicio, só que muitas vezes isto só piora a condição da pessoa.

O primeiro passo para conseguir largar o cigarro, é reconhecer que o mesmo faz mal, e que a pessoa não larga, pois não é tão fácil assim, já que a nicotina causa uma dependência tão forte quanto a de muitas drogas.

Os indivíduos que estão fora do problema e tem plena consciência dos malefícios do cigarro, querem livrar o ente querido o mais rápido possível, e na grande maioria das vezes é contraproducente.

Para a pessoa ter a percepção do vicio, existem cinco estágios: A primeira fase é a da pré-contemplação, neste momento, o fumante afirma que na hora que bem entender consegue largar, e que o fumo na verdade não faz tão mal como afirmam e que sua saúde esta excelente. Neste momento para auxiliar o bom é não condenar, e sim apoiar, alertar que caso a pessoa precise, estará lá para o que for preciso.

A segunda fase é conhecida como a fase de contemplação, ou seja, nesta fase há uma percepção de que existe um vicio e que precisa largar, mas não consegue se imaginar sem o tabaco, nesta etapa existem estágios entre determinação e covardia e por isso é aconselhável encaminhar o paciente para um médico, mas de maneira sutil ou a grupos de apoio, caso aja a possibilidade.

Já neste momento se o médico quiser auxiliar é prudente, mas sempre tomando cuidado com as palavras. É sempre bom ressaltar as vantagens de parar de fumar e discutir os meios para resistir à abstinência.

A terceira fase é considerada a fase da ação, e se inicia a partir do momento em que o paciente marca seu último cigarro, nesta situação o paciente precisa de apoio dos familiares, amigos e o auxilio de um medico, pois precisa de apoio. O que mais desencoraja o paciente é o medo do fracasso e de desapontar as pessoas próximas. Medicamentos que reduzem os sintomas da abstinência e adesivos de nicotina auxiliam bastante a pessoa a manter-se no foco.

E as últimas fases são conhecidas como as de manutenção onde o ex – fumante apresenta sua nova condição para as pessoas que convive e em muitos casos é nesta fase que o ex – fumante que utiliza adesivos os deixa de utilizar, a partir deste ponto é a pessoa por si só, e após os seis meses a maioria dos pacientes revelam que o desespero desaparece e por isso as desistências aparecem antes desta fase.

Muitos fumantes antes de conseguirem se livrar totalmente do vicio, precisam de inúmeras tentativas, justamente por isso caso o paciente regrida, é necessário saber para qual fase regrediu, e tentar não recriminar, pois isso dificulta largar o vicio novamente. Para ajudar é necessário dizer que fracassar não é uma humilhação e dar todo o apoio necessário para que o paciente persista no seu caminho.

Além de todas estas ações, estudos revelam que a prática de esportes auxiliam neste processo, já que gastam a energia e fatores externos, como a ansiedade e o estresse que levem o individuo de volta para o vício.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *