Sentir o olhar de outra pessoa é um reflexo instintivo, segundo estudos

Digamos que você está absorvido em uma tarefa, mexendo no celular ou lendo um livro. De repente, uma sensação assustadora e desconcertante é percebida, o olhar de alguém. A primeira reação é olhar de volta para descobrir quem é. Seja um amigo ou inimigo, essa sensação parece ser um tipo misterioso de 6º sentido.

Embora seja misteriosa, essa sensação faz parte do ser humano, sendo uma adaptação que manteve nossos ancestrais vivos. Então, como é que podemos fazer isso? Na verdade, é uma característica importante de nossa visão, nosso cérebro e certos aspectos sociais de nossa espécie.

O fenômeno biológico é conhecido como “detecção de olhar” ou “percepção do olhar”. Estudos neurológicos recentes descobriram que as células cerebrais que iniciam essa resposta são muito precisas. Se alguém olhar para você e girar a cabeça apenas alguns graus para a esquerda ou para a direita, esse sentimento estranho rapidamente desaparece. Os cientistas sugerem que uma rede neural complexa está por trás da detecção do olhar.

Até agora, a rede neural responsável em humanos permanece não identificada. Um estudo com macacos, no entanto, descobriu os circuitos neurológicos responsáveis pela detecção do olhar, e até mesmo as células específicas envolvidas.

Nós sabemos que dez regiões cerebrais distintas estão envolvidas com a visão humana, e pode haver mais. O córtex visual é o principal contribuinte. Esta é uma grande área na parte de trás do cérebro, que suporta muitos aspectos importantes da visão. Mas outras áreas, como a amígdala, que registra ameaças, também devem estar envolvidas com a detecção do olhar de alguma forma.

Os seres humanos são sensíveis ao olhar dos outros. Quando outra pessoa muda a direção de sua atenção, seguimos automaticamente o seu olhar. É mais do que ser apenas predadores, que como um grupo são naturalmente sensíveis e atraídos para mudanças no ambiente. Também tem a ver com a natureza cooperativa e social dos seres humanos e como nós dependemos uns dos outros ao longo de nossa história e desenvolvimento.

Outro motivo, se você olhar os olhos humanos em contraste com outros animais, a esclerótica ou a parte branca que envolve a pupila é muito maior. Na maioria das outras espécies, a pupila ocupa a maior parte dos olhos. Isto é para obscurecer os olhos dos predadores. Mas, para os humanos, uma esclerótica maior nos permite notar a direção do olhar um do outro rapidamente.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *