Filme “Mãe!” foi criado em cinco dias com sentimentos de fúria e raiva

Related image

O diretor norte-americano, Darren Aronofsky, criador do filme “Mãe!’, revelou que o roteiro do filme foi escrito em apenas cinco dias. O anuncio ocorreu antes da estreia mundial do filme que irá relatar a destruição feita pela humanidade no planeta Terra.

Muito conhecido por ter criado o filme “O Lutador” e o “Cisne Negro”, Aronofsky também revelou no Festival de Cinema de Veneza, que geralmente, seus filmes precisam de anos para serem criados, mas que o atual lançamento foi totalmente diferente.

O diretor disse que se inspirou em tudo que via a seu redor para criar o filme, inclusive o fato dos Estados Unidos não participar do acordo climático de Pais, do grande iceberg que se desprendeu recentemente no Ártico e das milhões de pessoas que passam fome todos os dias enquanto muitas convivem diariamente com o desperdício de comida.

“Eu só tinha muita fúria e raiva e eu queria canalizá-las para uma emoção, um sentimento. E em cinco dias eu escrevi a primeira versão do roteiro. Ele foi basicamente derramado de mim”, disse o diretor.

O resultado de toda essa revolta e fúria do criador é uma metáfora apocalíptica riquíssima em preceitos religiosos, destruição ambiental e conceitos políticos.

O personagem principal do filme é interpretado pela atriz Jennifer Lawrence, que vive a pele de mãe, uma mulher jovem casada com um homem poeta, que é interpretado pelo ator Javier Bardem. Eles vivem isolados em uma casa de campo, enquanto ele vive um momento de superação de uma crise de bloqueio criativo, a jovem esposa passa o seu tempo restaurando a casa que era da família de seu marido.

Toda essa paz e tranquilidade do início do filme começa a sumir com a chegada de alguns visitantes totalmente inesperados.

A atriz que é mundialmente conhecida por seus papéis fortes onde expressa o conceito de liderança feminina, dessa vez é desafiada a se entregar ao papel de uma mulher que vive em função do marido. Jennifer disse sobre o papel: “Foi uma personagem completamente diferente de qualquer coisa que já fiz antes, mas foi também um lado completamente diferente de mim mesma que eu não estava em contato, ainda não conhecia realmente”.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *