Detran de Sergipe estima implantar CNH digital em fevereiro de 2018

Resultado de imagem para cnh digital

O Detran/Sergipe anunciou recentemente que a CNH-e – Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica, estará disponível para todos os moradores do estado a partir do dia 1º de fevereiro do ano que vem. O órgão informou que a data foi estabelecida pelo Contran – Conselho Nacional de Trânsito.

Antes do novo tipo de CNH poder ser usado pelos motoristas, o Detran informou que um teste do serviço está sendo realizado em outro estado brasileiro para que dados sejam coletados em relação ao dispositivo. Além disso, o Detran disse que as orientações relacionadas a disponibilização deste serviço bem como o valor atribuído a ele só serão formuladas a partir do fim deste teste.

Em Sergipe, a CNH impressa e a CNH digital terão o mesmo valor jurídico garantido pelas leis de trânsito nacional e do estado, segundo informações cedidas pelo Ministério as Cidades. Portanto, o serviço poderá ser usado pelos motoristas de Sergipe como um facilitador, mas não como obrigação.

A versão digital da CNH poderá ser acessada pelo motorista a partir de um aplicativo instalado em seu smartphone. O novo modelo emitido da CNH terá a tecnologia do QRCode para garantir a autenticidade do documento. A CNH digital já começou a ser emitida desde o mês de maio deste ano.

Depois que o motorista realiza o download do aplicativo, ele precisa apenas escolher entre adquirir o certificado digital do documento, que pode ser realizado pela internet, ou ainda realizar o cadastro em uma base de dados do Detran. Outro fator fundamental para o motorista que quiser ter a versão digital do documento é se cadastrar no Denatran – Departamento Nacional de Trânsito.

Após realizar todos os cadastros necessários, os motoristas só terão que logar no aplicativo de celular e usar sua CNH-e totalmente digital e fácil de ter em mãos. A facilidade será tanta que o usuário nem ao menos precisará de internet para ter acesso ao documento, pois se tivesse que acessar a internet haveria a possibilidade de o usuário ficar sem internet e consequentemente sem o documento. Neste caso, o usuário só precisa acessar o aplicativo com uma senha cadastrada por ele mesmo de quatro dígitos.

Saiba mais sobre o trabalho exercido por Luiz Carlos Trabuco Cappi no Bradesco

Em 2007, o executivo Luiz Carlos Trabuco Cappi venceu pela segunda vez a premiação de Personalidade de Seguros do Ano devido ao seu empenho no comando do Grupo Bradesco de Seguros e Previdência. Sua visão estratégica, comprometimento e dedicação ao cargo foram alguns dos fatores que fizeram com que a empresa se tornasse a principal seguradora do país.

Quatro anos antes, em 2003, o executivo havia vencido a premiação pela primeira vez, logo que chegou a presidência do grupo. Há mais de 30 anos trabalhando dentro da Organização Bradesco, o executivo foi escolhido para essa posição com o intuito de aplicar sua grande experiência no setor bancária para o segmento de seguros, apostando na venda de seguros por meio de um canal corretor.

Em relação ao futuro desse mercado, Luiz Carlos Trabuco Cappi chegou a declarar na época que o setor apresentava um imenso potencial de crescimento, em razão do seu papel fundamental para os agentes públicos em garantir o bem-estar social. Por esse motivo, nos anos 2000, período em que a economia brasileira se desenvolveu rapidamente, o nível de relevância desse segmento cresceu cada vez mais.

Com diploma em Filosofia pela Universidade de São Paulo (USP), muitos não sabem, mas Luiz Carlos Trabuco Cappi exerceu um papel importantíssimo para que o Cristo Redentor se tornasse uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno. Durante o período de votação, o executivo foi um dos idealizadores da campanha “Vote Cristo, ele é uma maravilha”, feita pela Bradesco Seguros e Previdência. Popular e abrangente, a campanha logo obteve grande destaque nacional para o tema e foi essencial para que o Cristo fosse eleito uma das maravilhas.

Esse é apenas um dos exemplos que marcaram a carreira do executivo, a qual possui vários momentos de destaque, como a ocasião em que ele se tornou o então presidente da Comissão Nacional de Marketing Financeiro da Federação Brasileira das Associações de Bancos (Febraban), e quando assumiu o comando da Associação Internacional de Estudos da Economia do Seguro, que tem sede na cidade de Genebra.

A atuação de Luiz Carlos Trabuco Cappi no comando da área de seguros do banco foi bastante elogiada na época, devido ao rápido crescimento obtido. Sob o seu comando, o setor de seguros chegou a ser responsável por nada menos que 30% do lucro total líquido da instituição. Todo esse sucesso só se tornou possível através da dedicação da equipe liderada pelo executivo.

Esses números positivos fizeram a diferença para que Luiz Carlos Trabuco Cappi fosse o grande escolhido para assumir a função de presidente do banco em 2009, substituindo o executivo Márcio Cypriano. Desde então, ele se destacou por adotar um posicionamento focado nos clientes, com objetivo principal de aprimorar a qualidade das agências e os serviços de atendimento oferecidos aos correntistas do banco. Surpreendendo aos analistas de mercado, a sua administração deixou de lado a disputa pela liderança entre as instituições privadas que existem no Brasil e concedeu cada vez mais importância a melhoria interna da empresa.

 

Cientistas descobriram que duas doses de aspirina é a melhor forma de combater a diabete

Segundo um estudo que foi apresentado no encontro anual da Associação Europeia de Estudos sobre a diabete, que aconteceu em Portugal, ingerir aspirina duas vezes por dia aumenta a defesa cardiovascular em pacientes afligidos por diabete tipo 2. A recomendação atual é que uma pessoa com essa doença tome 1 comprimido por dia.

O ácido acetilsalicílico, a aspirina, é muito importante nos trabalhos de prevenção de problemas coronarianos. Sua eficácia consiste na redução do acumulo de plaquetas, e com isso a dimuição do risco de criação de coágulos, que são os maiores causadores de AVC (Acidente Vascular Cerebral) e também infarto. Existe uma recomendação para pessoas na faixa de risco, que é tomar 1 aspirina por dia. Contudo, o remédio tem uma durabilidade baixa, o que acaba não impedindo a formação de plaquetas, quando a quantidade dessas células cresce.

No trabalho mostrado em Portugal, Liv Vernstroem uma das investigadoras que estudaram a forma como a aspirina perde seus efeitos em menos de 1 dia, seus resultados foram obtidos através de num teste realizado com 21 diabéticos, e algumas pessoas sem a doença. Os médicos fizeram um exame de sangue com todos os voluntários assim que eles tomaram a aspirina e 60 min após a ingestão.

Os participantes continuaram a serem examinados por aproximadamente uma semana. Os pesquisadores repetiram o processo de colher o sangue uma hora depois da ingestão da aspirina e 1 dia depois. A intenção desse teste foi comparar o nível de acumulo de plaquetas entre as medicações. Os médicos descobriram que todos os voluntários, mesmo os que não possuem diabetes, tiveram um aumento no acumulo de plaquetas durante o interstício de 1 dia.

A conclusão do teste é que o poder de inibição que uma aspirina possui se deteriora com o tempo se ela for consumida apenas uma vez por dia. Como os diabéticos possuem maior chance de ter uma doença cardiovascular, os estudiosos dessa pesquisa acreditam que para evitar o acumulo de plaquetas é necessário consumir duas aspirinas por dia.

No entanto, segundo a médica os resultados ainda precisam ser repedidos por outros cientistas para que essa conclusão se confirme e possa virar de fato uma orientação médica

O Brasil está fora da rota de furacões e tufões

Image result for furações e tufoes

Em algumas regiões do mundo, existem frequentes preocupações em relação aos fenômenos climáticos, que acabam sempre atingindo determinados locais de tempos em tempos. Mas que explicações podem ser dadas, pelo fato do Brasil não presenciar esses fenômenos climáticos como furacões, em seu território?

De acordo com especialistas em entrevistas à BBC Brasil, as probabilidades de que aconteça alguns desses fenômenos no Brasil, são bem poucas, já que os fatores que fazem com que um furacão se forme, só foram observados uma vez no nosso país.

Michael Pantera, meteorologista do Centro de Gerenciamento de Emergência em São Paulo, explica que atualmente é muito improvável que o Brasil seja atingido por um furacão, somente se as mudanças climáticas possam influenciar isso.

Bianca Lobo, meteorologista do Climatempo, disse que um dos principais elementos para a formação de um furacão, são quando as águas do mar estão acima de temperaturas de 27°C. Mas no Brasil, as águas mais quentes são encontradas na região Nordeste, que apresentam uma máxima de 26°C.

Os fatores que promovem a força de um furacão, são a umidade e a água quente do mar. Quando o furacão se aproxima do litoral, ele vai perdendo a força.

Existe um outro fator que possibilita a formação de um furacão, que é a tesoura de vento, como são conhecidas as mudanças na direção ou na velocidade das correntes de ventos. Mas os meteorologistas afirmam, que essa ocorrência raramente acontece em países situados próximos a linha do equador, como é o caso do Brasil.

Especialistas explicaram que é por isso que tornados que são formados no Caribe, não chegam ao Brasil, já que perderiam totalmente a sua força quando houvesse a aproximação da linha do equador, sofrendo as consequências da força de coriolis.

Tufão e furacão possuem a mesma descrição, já que são um grupo de tempestades que possuem diversos quilômetros de extensão, e que aparecem nos oceanos com águas mais quentes, com duração de até alguns dias. O único fator diferente entre eles, é o local onde cada um se forma.

De acordo com os especialistas, os dois se caracterizam como ciclones tropicais que foram formados em oceanos, sendo que  os tufões  são formados no oeste do oceano Pacífico, enquanto que os furacões, aparecem na região leste do Pacífico e no oceano Atlântico.

UberEats sugere serviço promocional em campanha machista na Índia

Em uma nova campanha realizada pela empresa Uber na Índia para promover o UberEats, seu serviço de entrega de comidas, a empresa afirmou que cozinhar é tarefa feminina, porém de uma forma ainda mais machista. Claro que como toda ação há uma reação, a campanha da empresa foi por água abaixo e acabou indignando grande parte de seus consumidores.

A campanha foi ao ar no dia 17 de setembro na mídia nacional da Índia, onde a empresa convidou os seus consumidores a celebrar o “Dia da Apreciação da Esposa”. O convite da empresa para que seus consumidores celebrassem a data era de que o serviço UberEats fosse solicitado em prol de um dia de folga da cozinha para as esposas.

Durante a campanha, a seguinte mensagem foi exibida fazendo o apelo aos consumidores: “Queridos maridos, um gentil lembrete – hoje é Dia de Apreciação à Esposa! Peça pelo UberEats e deixe sua esposa tirar uma folga da cozinha.”

A campanha promoveu no dia em questão um código promocional chamado de “nocookingday” (que em português quer dizer, dia de não cozinhar). Os usuários cadastrados no serviço que aproveitaram a promoção tiveram o desconto de 100 rúpias (equivalente a R$ 5) em pedidos de comida com valor mínimo de 400 rúpias (equivalente a R$ 19,50).

Em resposta a campanha um usuário do Twitter questionou os executivos da Uber sobre o machismo empregado na campanha. A mensagem do usuário foi enviada para o CEO Dara Khosrowshahi e para a diretora executiva da marca, Bozama Saint John.

Outra pessoa que ficou extremamente revoltada com a campanha foi uma das principais executivas da Uber. Ao receber a mensagem do usuário do Twitter, a diretora da marca disse a respeito: “Isso é completamente inaceitável. Nós daremos um jeito nisso”.

No mesmo dia do ocorrido a Uber cancelou a campanha realizada para o Dia da Apreciação da Esposa e se desculpou a todos que ficaram revoltados com as palavras usadas pela empresa.

Campanhas que citam que o lugar da mulher é na cozinha são muito comuns, ainda mais na Índia que possui uma certa restrição dos diretos das mulheres. Mas as empresas têm trabalhado cada vez mais para que suas campanhas quebrem os estereótipos usados e assim possa dar o mínimo de igualdade para os homens e as mulheres.