Saiba mais sobre o trabalho exercido por Luiz Carlos Trabuco Cappi no Bradesco

Em 2007, o executivo Luiz Carlos Trabuco Cappi venceu pela segunda vez a premiação de Personalidade de Seguros do Ano devido ao seu empenho no comando do Grupo Bradesco de Seguros e Previdência. Sua visão estratégica, comprometimento e dedicação ao cargo foram alguns dos fatores que fizeram com que a empresa se tornasse a principal seguradora do país.

Quatro anos antes, em 2003, o executivo havia vencido a premiação pela primeira vez, logo que chegou a presidência do grupo. Há mais de 30 anos trabalhando dentro da Organização Bradesco, o executivo foi escolhido para essa posição com o intuito de aplicar sua grande experiência no setor bancária para o segmento de seguros, apostando na venda de seguros por meio de um canal corretor.

Em relação ao futuro desse mercado, Luiz Carlos Trabuco Cappi chegou a declarar na época que o setor apresentava um imenso potencial de crescimento, em razão do seu papel fundamental para os agentes públicos em garantir o bem-estar social. Por esse motivo, nos anos 2000, período em que a economia brasileira se desenvolveu rapidamente, o nível de relevância desse segmento cresceu cada vez mais.

Com diploma em Filosofia pela Universidade de São Paulo (USP), muitos não sabem, mas Luiz Carlos Trabuco Cappi exerceu um papel importantíssimo para que o Cristo Redentor se tornasse uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno. Durante o período de votação, o executivo foi um dos idealizadores da campanha “Vote Cristo, ele é uma maravilha”, feita pela Bradesco Seguros e Previdência. Popular e abrangente, a campanha logo obteve grande destaque nacional para o tema e foi essencial para que o Cristo fosse eleito uma das maravilhas.

Esse é apenas um dos exemplos que marcaram a carreira do executivo, a qual possui vários momentos de destaque, como a ocasião em que ele se tornou o então presidente da Comissão Nacional de Marketing Financeiro da Federação Brasileira das Associações de Bancos (Febraban), e quando assumiu o comando da Associação Internacional de Estudos da Economia do Seguro, que tem sede na cidade de Genebra.

A atuação de Luiz Carlos Trabuco Cappi no comando da área de seguros do banco foi bastante elogiada na época, devido ao rápido crescimento obtido. Sob o seu comando, o setor de seguros chegou a ser responsável por nada menos que 30% do lucro total líquido da instituição. Todo esse sucesso só se tornou possível através da dedicação da equipe liderada pelo executivo.

Esses números positivos fizeram a diferença para que Luiz Carlos Trabuco Cappi fosse o grande escolhido para assumir a função de presidente do banco em 2009, substituindo o executivo Márcio Cypriano. Desde então, ele se destacou por adotar um posicionamento focado nos clientes, com objetivo principal de aprimorar a qualidade das agências e os serviços de atendimento oferecidos aos correntistas do banco. Surpreendendo aos analistas de mercado, a sua administração deixou de lado a disputa pela liderança entre as instituições privadas que existem no Brasil e concedeu cada vez mais importância a melhoria interna da empresa.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *