Notícias falsas são combatidas com contratação de sites pelo Facebook

Depois das polêmicas com a propagação de notícias falsas o Facebook começou a investir em informação verídica. O anúncio da decisão refletiu na contratação de 10 veículos de notícias, entre eles estão “The Washington Post” e o “The Economist”. Esses sites permitirão um acesso limitado a um número de artigos por mês e posteriormente a opção de assinatura através dos sites de notícias.

Essa novidade foi impulsionada para restaurar a credibilidade do Facebook. A empresa tem interesse em manter o seu alto número de usuários informados com notícias verdadeiras e de qualidade, o que ajuda a renovar a percepção de notícias da rede social, antes prejudicada pela propagação de notícias falsas.

Outra solução que vem sendo buscada é a grande quantidade de informação divulgada nas redes sociais que é visualizada por bilhões de usuários que não se tornam assinantes. A nova medida do Facebook visa a otimizar o impacto que a grande divulgação de notícias possuem, atraindo clientes para os veículos de comunicação.

Ainda que os sites tenham acesso aos dados de seus assinantes por meio da rede social, existe um interesse nos dados de quem lê os artigos de maneira gratuita, nesse ponto existem divergências entre algumas empresas e o Facebook.

Inicialmente serão realizados testes com os seguintes veículos “Boston Globe”, o alemão “Bill” e o francês “Le Parisien”. Serão 10 artigos disponibilizados gratuitamente de acordo com os critérios do site, a partir de então os leitores serão incentivados a fazer uma assinatura para continuarem com o acesso à leitura.

Em comunicado o Facebook disse que não receberá nenhuma parte das assinaturas vendidas. No entanto, diversos sites de evidência optaram por não participar do projeto por serem contrários de que a rede social impeça o acesso aos dados dos leitores enquanto não assinam o site.

A decisão do Facebook em trazer informações e notícias de credibilidade gera uma expectativa positiva para os seus usuários. A melhor maneira de reverter as diversas notícias sem fundamentos propagadas pela rede social é atrair os principais sites a divulgarem o seu conteúdo. Os resultados dessa nova estratégia poderão ser vistos com o passar do tempo.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *